PERDÃO, LEONARD PEACOCK – MATTHEW QUICK

Editora: Intrínseca
Páginas: 223
Ano de Lançamento: 2013
Título Original: Forgive Me, Leonard Peacock

Perdão, Leonard Peacock conta a estória do dia em que Leonard decidiu se matar. Sim. É a estória de um menino que tinha potencial para ser o que quisesse, era sensível e tinha uma personalidade única, mas ele perder a vontade de viver, pegar a P-38 do seu avô, decidir atirar em seui ex-melhor amigo e depois acabar com a própria vida.

“Talvez no fundo ele conseguisse acreditar que ser diferente é bom, até importante. Mas não hoje.”


Leonard mora sozinho em uma cidade do estado de New York, enquanto sua mãe more em New York City, pois tem negócios de moda a tratar. Ele sempre deseja que o relacionamento dele com a mãe seja diferente, ele queria que ela estivesse mais presente, que se preocupasse com ele, mas não. Essa é uma das coisas que mais abala a nossa personagem principal e que faz com que ele tome a decisão de tomou.

Se eu contar mais do que isso, tenho medo de dar spoiler. Esse livro conta o que se passa na cabeça de um menino que desiste de viver, alternando capítulos entre o passado, o presente e o futuro, do jeito que Leonard achava que seria se ele não tivesse jogado tudo para o alto.

Nunca tinha lido nenhum livro sobre a perspectiva de um suicida. É um pouco triste ver uma pessoa sem querer ver o quão grande ela tem o potencial de ser, o quanto ela faz diferença no mundo (mesmo que para ela, não seja assim).

Eu tinha lido O Lado Bom da Vida do mesmo autor e confesso que me decepcionei um pouco, mas Perdão, Leonard Peacock me surpreendeu. Me fez ter vontade de abraçar o garoto, dizer que tudo ia ficar bem e que eu estaria lá para apoiá-lo em tudo o que ele precisasse.

Enfim, leitura recomendadíssima. Você vai gostar do Leonard. <3

Beijos, beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *