OS MISTÉRIOS DA COROA – NANCY BILYEAU

Nome: Os Mistérios da Coroa
Autora: Nancy Bilyeau
Páginas: 384
Editora: Arqueiro
Classificação: 4/5

Na Inglaterra dos anos 1530, os dissidentes religiosos e os condenados por traição eram brutalmente torturados e executados. Quis o destino que Lady Margaret Bulmer tivesse o mesmo fim. Uma das líderes das rebeliões do norte do país contra o rompimento do rei Henrique VIII com a Igreja Católica, a nobre foi queimada em praça pública.

Ao saber que sua prima enfrentaria a morte na fogueira, a noviça Joanna Stafford desafia a rígida regra da clausura e foge do Priorado de Dartford para assistir à execução e reivindicar o corpo, a fim de lhe dar um enterro digno.
Para sua surpresa, Joanna reencontra o pai, que tinha ido até lá no intuito de ver Margaret. Mas pai e filha são acusados de interferir na justiça do rei e acabam presos e levados à Torre de Londres, local notório por seus episódios sangrentos.
Após dois meses sendo interrogada, a noviça recebe a visita do bispo de Winchester, que a chantageia. Para salvar o pai, ela aceita ser sua espiã e procurar no priorado por uma antiga relíquia – a poderosa coroa de um rei saxão.
Em meio à dissolução dos mosteiros ordenada pelo rei, a busca de Joanna se transforma numa perigosa jornada, que leva a jovem a se questionar até onde estaria disposta a ir para defender os antigos costumes que tanto valoriza e que dão sentido à sua vida.

Bom gente, dá pra ver que a sinopse diz bastante coisa sobre a estória do livro, tanto é que eu acho que diz até demais. Por isso, tirei o último parágrafo da sinopse, o que eu acho que a editora deveria ter feito com ela na contra-capa do livro. Não achei que fosse necessário o que dizia o último parágrafo, até para despertar mais curiosidade no leitor. Acho que dá um pouco de spoiler, na minha opinião.

Rei Henrique VIII

Quero começar falando da forma como a autora usou os fatos que ocorreram na Inglaterra do século XVI para criar essa obra de ficção. A estória pode até ser inventada, mas como a própria Nancy Bilyeau explica no final do livro, tudo foi bastante estudado para que dessem informações exatas de onde os lugares descritos no livro existiram, assim de como aconteceram os eventos da época. Nunca soube direito mesmo depois das minhas aulas de histórias, mas agora sei como aconteceu a criação da religião Anglicana na Inglaterra e que foi Henrique VIII quem fez isso acontecer. É um livro em que você aprende sem perceber. Gosto muito de leituras assim.

A personagem principal, Joanna Stafford, é uma mulher forte e que vai atrás do que quer. Você sente a personalidade dela logo nos primeiros capítulos, quando ela resolve fazer o que fez só para dar um enterro digno à amiga de infância. Além disso, uma das coisas que mais me marcou em Joanna, foi a  que ela tinha em Deus. Ela entregava tudo a Deus, não importava como estivesse, triste ou feliz. Isso foi muito legal de ver em uma estória, ver uma pessoa que fez os votos para servir a Deus se mostrar firme em todos os momentos.

Porém, não se enganem. Não é um livro de religião, mas sim de mistério. A estória não se baseia em religiosidade, mas isso, para mim, chamou a minha atenção no decorrer da leitura.

Algo que eu já sabia, mas que também se destacou bastante no livro para mim, foi a impiedade das pessoas da época. Desde o Rei até mesmo as pessoas religiosas. É uma prova de como a vontade do poder pode cegar qualquer pessoa, não importa quem você seja.

E para finalizar, quero dizer que devo admitir que eu pensei que pelo o fato de ser um livro histórico, a leitura fosse ser difícil, mas me enganei totalmente. Quando eu comecei a ler, em pouco tempo vi que a leitura era fácil e simples e em pouco tempo já estava terminando a leitura.

Devo dizer que Nancy Bilyeau mandou bem no seu livro de estreia e o recomendo para todos que gostam de um boa estória de ficção ambientada em algum momento da história mundial, pois você se diverte e aprende bastante com esse tipo de leitura, assim como também aconteceu comigo quando li A Última Princesa. Com certeza, depois que li Os Mistérios da Coroa, meu interesse em ler livros históricos aumentou bastante e já estou atrás do próximo desse gênero. E por ter sido um livro diferente de todos que li esse ano e eu ter considerado tão bom, para mim foi uma das melhores leituras do ano!

Sobre a autora:

Nancy Bilyeau trabalhou como editora em diversas revistas, entre elas a Rolling Stone e a Entertainment Weekly. Os Mistérios da Coroa é seu livro de estreia. Ela mora em Nova York com o marido e os dois filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *