CANETA NA MÃO, VERSOS NO CORAÇÃO – FRANCILANGELA CLARINDO

Em homenagem ao Dia Nacional do Livro, trago pra vocês a resenha da obra de uma escritora nacional e minha conterrânea, Francilangela Clarindo. Espero que gostem. 😉

Nome: Caneta na Mão, Versos no Coração
Autora: Francilangela
Páginas: 190
Classificação: 3.5/5

Caneta na mão, versos no coração” reúne diversos poemas sobre temas variados de muitas fases de minha vida. Textos inocentes de minha infância e calorosos da juventude. Amor, saúde, política, religião e família se misturam neste livro e mostram como somos diferentes sendo a mesma pessoa.

Há muito tempo não lia um livro de poesia que, aliás, é um dos gêneros literários que mais gosto. Acredito que eles mostram toda a emoção do escritor em qualquer situação pelo qual ele ou o mundo esteja passando.
Francilangela conseguiu transmitir com louvor a emoção de casa verso, independente sobre o que ele estava sendo escrito. A autora fala muito sobre autoconhecimento, sobre sua própria fé e sobre o amor, principalmente o amor entre a família. É algo muito lindo de se ver.
“Eu viro e mexo,
Vou e volto,
Mas não tem jeito,
Acabo em suas mãos.
Mas eu gosto,
É tão bom quando coloca-me em suas mãos,
Como se fosse única,
Sua. (…)”
Se você quer mudar um pouco dos livros de ficção, curtir mais uma talentosa autora nacional e ler algo mais profundo, que pode até ajudá-lo a pensar sobre as coisas da vida, recomendo a leitura desse livro que, aliás, é uma leitura super rápida e agradável. A autora está de parabéns e espero que vejamos ainda mais obras delas por aí.
Sobre a Autora
Nasceu em Fortaleza. Graduou-se em Letras pela Universidade Federal do Ceará – UFC e é apaixonada por Deus, vida e natureza. Professora de Língua Portuguesa e Informática Educativa, lida com crianças, jovens e adultos diariamente. Ama ler e escrever desde sempre e tem uma ligação direta com tudo que é belo, faz feliz e enobrece o espírito.