EU SOU O NÚMERO QUATRO – PITTACUS LORE

Nome: Eu Sou o Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Páginas: 350
Editora: Intrínseca
Classificação: 5/5

Nove bebês aliens estão se escondendo entre os seres humanos, eles fugiram de seu planeta natal, Lorien, para se esconder na Terra. Uma espécie invasora, os Mogadorians, destruíram seu planeta, e seguiram eles a Terra para caçá-los. Cada um dos nove aliens é dado a um tutor para desenvolver seus poderes sobre-humanos enquanto se tornam adultos e lhes são atribuídos números. Estas últimas crianças de Lorien só pode ser mortas na sequência de seus números.

Há dez anos atrás, o Planeta Lorien estava sendo invadido pelos Mogadorianos, uma raça de assassinos cruéis que queriam destruir o planeta e seus habitantes. Nove Cêpans – crianças destinadas a terem poderes como invisibilidade, controle do tempo, etc – e seus guardiões (Gardes), foram enviados à Terra para buscarem refúgio e escaparem do massacre.
Contudo, isso não foi o suficiente para se esconderem dos inimigos. Os Mogadorianos agora estão na Terra, à procura das nove crianças, mas eles só poderão matá-las na sequência de seus números, conseqüência de um feitiço lorieno.
A história do livro é contada pelo o número Quatro, dentre essas crianças. Como todas elas, ele e seu guardião, Henri, vivem indo de cidade em cidade procurando escapar do menor sinal dos Mogadorianos por perto, principalmente agora em que os três primeiros Cêpans morreram e ele é o próximo da lista.
John Smith, como agora é chamado o Quatro na sua nova cidade, Paradise, é um rapaz quieto e determinado, o que me fez gostar muito dele. Na escola ele conhece Sarah que, na minha humilde opinião, é a personagem mais sem-sal do livro. Achei até lindinha as partes em que eles estavam juntos, mas teve momentos em que ela atrapalha! É irritante. Em compensação, John faz um amigo, Sam, que é corajoso e fofíssimo. Adorei ele.
O livro tem uma narrativa boa, rápida e simples. É daqueles em que você não consegue parar até terminar! Não sei porque demorei tanto pra ler esse livro e agora que li não me arrependi em nenhum momento. E a personagem que eu mais gostei do livro é uma mulher que aparece lá pelo final, que é a mais legal de todas.
Os Legados de Lorien, como é chamada a série, já tem continuação que se chama The Power Of Six e não vejo a hora de lançarem aqui no Brasil. Enfim, recomendo a leitura pra quem gosta de uma história com muita ação e voltada para o lado da ficção científica e recomendo que assistam o filme, que também é muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *