O HERÓI PERDIDO – RICK RIORDAN

Nome: O Herói Perdido
Série: Os Heróis do Olimpo – Livro 1
Páginas: 440 páginas
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Classificação: 5/5

Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia. Uma mensagem que pode se referir a qualquer um deles: “Sete meios-sangues responderão ao chamado. Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado. Um juramento a manter com um alento final, E inimigos com armas às Portas da Morte afinal.” Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes — semideuses dos quais todos já ouvimos falar… e muito.

Após uma luta inesperada contra seres muito estranhos, durante uma excursão da Escola Vida Selvagem ao Grand Canion, Jason, Piper e Leo são mandados para o Acampamento Meio-Sangue, onde passam a conhecer um mundo totalmente diferente de tudo o que eles imaginavam e, mesmo sem treinamento nenhum, são lançados em um aventura que poderá custar a vida deles, dando início à Grande Profecia.
Rick Riordan mais uma vez surpreendendo a todos. Com personagens sempre bem construídos, ele nos introduz a Mitologia Romana, o que eu adorei, pois é uma maneira de aumentar o conhecimento dos leitores sobre seres mitológicos. O livro é contado pelo ponto de vista dos três novos personagens de maneira alternada e a história é bem desenvolvida, possui aventura do início ao fim.
Jason é o bonitão, loiro, forte, valente e que tem um enorme espírito de liderança. Ele não sabe quem é e nem de onde veio, mas durante a aventura ele se determina a encontrar respostas, custe o que custar.
Piper é filha de um ator famoso, não é ligada à moda e possui um forte poder de persuasão. Apaixonada por Jason, ela é super romântica e pensa nele o tempo todo. Mas, acima de tudo, ela é bastante determinada, o que me fez gostar bastante dela.
E então vem o Leo… O meu favorito. Ele é meio meninão, adora mexer em máquinas e de fazer os outros rirem com suas piadas. Ele é o mais carismático de todos, o que lhe garantirá algumas risadas durante a leitura. E, ao mesmo tempo, é super corajoso, o que completa o perfeito trio de heróis.
Nossos personagens favoritos dos outros livros aparecem.. quer dizer, quase todos. Quíron, Annabeth, Thalia e alguns outros deixam a história sempre melhor, apesar de não terem aparecido tanto quanto eu esperava.
Algumas coisas eram um pouco previsíveis, sim, porque seguiam a mesma linha de construção da outra saga, mas confesso que me surpreendi com o final. Se você não leu a primeira saga, eu recomendo que leia, pois vários acontecimentos passados são mencionados em O Herói Perdido, o que pode tornar a história um pouco confusa para quem não leu Percy Jackson e Os Olimpianos. Sem mais delongas, esse livro é imperdível e, bem ao estilo Rick Riordan, é daqueles em que você fica esperando ansiosamente pela continuação.

 

Leo engasgou.
– Sua mãe é a deusa do arco-íris?
– Algum problema? – perguntou Butch.
– Não, não – respondeu Leo – Arco-íris. Muito másculo.
– Butch é nosso melhor cavaleiro – disse Annabeth. – E se dá muito bem com o Pégasus.
– Arco-íris, pôneis… – murmurou Leo.

– Vou jogar você para fora dessa carruagem – avisou Butch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *